Evidenciou, através de estudo, a real dimensão da distorção salarial do cargo de diretor

Compartilhe
Os diretores sempre trabalharam uma carga horária muito maior do que a sua matrícula permitia, isso ocorre há décadas. Ao assumir o cargo de direção, o professor (seja ele de 16h, 22,5 ou 30h) passa a trabalhar 40h semanais, sem ganhar nada a mais por este tempo extra trabalhado, passando a receber uma espécie de adicional relativo apenas à responsabilidade do cargo. Diante disso, Messina elaborou um estudo e levou uma proposta ao Poder Executivo para que os professores em cargos de direção tenham seus vencimentos equiparados aos Professores que cumprem carga horária de 40 horas.

Matérias Relacionadas


Gabinete do Vereador Paulo Messina - Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Praça Floriano S/N, Sala 502, Cinelândia
Telefone (21) 3814-2094
Assessoria de Imprensa - Telefone / Whatsapp (21) 98032-8787
Whatsapp da Educação (21) 97693-8156