Garantiu que o cargo de Agente de Apoio à Educação Especial tivesse atribuições específicas para mediar alunos com deficiência, suspendendo edital equivocado

Compartilhe
Após convencer a então secretária Cláudia Costin para a necessidade de criação de um cargo de mediador para alunos com deficiência incluídos, Messina se viu obrigado a intervir novamente junto à SME para garantir o advento do mesmo. Acontece que, em 2012, o Poder Executivo enviou um projeto de lei para a Câmara Municipal para a criação do que seria o chamado cargo de Agente de Apoio à Educação. O problema é do concurso havia inúmeras atribuições alheias à atividade de um mediador. Assim sendo, o vereador negociou com a SME para o concurso fosse suspenso. Posteriormente, através de emenda ao PCCR, Messina criou o cargo de Agente de Apoio à Educação Especial com as atribuições destinadas exclusivamente ao atendimento das crianças com deficiência.

Matérias Relacionadas


Gabinete do Vereador Paulo Messina - Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Praça Floriano S/N, Sala 502, Cinelândia
Telefone (21) 3814-2094
Assessoria de Imprensa - Telefone / Whatsapp (21) 98032-8787
Whatsapp da Educação (21) 97693-8156