Conseguiu a restituição a todos os servidores de dedução indevida por dispensa na época da gripe suína

Compartilhe
Durante a epidemia de gripe suína, a Secretaria de Educação ordenou, como medida de prevenção, a suspensão das aulas, e 30 mil profissionais do magistério ficaram uma semana em casa. Acontece que em junho de 2010, os mesmos funcionários sofreram um desconto de R$ 44,00 no contracheque, referente aos dias não trabalhados naquele período. Ao tomar conhecimento do problema, Messina se reuniu com Eduardo Paes e obteve o compromisso do prefeito de que o dinheiro seria estornado, o que acabou de fato acontecendo no mês seguinte.

Matérias Relacionadas


Gabinete do Vereador Paulo Messina - Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Praça Floriano S/N, Sala 502, Cinelândia
Telefone (21) 3814-2094
Assessoria de Imprensa - Telefone / Whatsapp (21) 98032-8787
Whatsapp da Educação (21) 97693-8156